uiux.pt

Paginação ou Scroll Infinito?

paginação ou scroll infinito

Paginação ou Scroll Infinito?
A dúvida nasce quando se chega ao ponto de tomar uma decisão para a nossa listagem de elementos. Paginação ou scroll infinito? Cada uma das opções citadas tem prós e contras, por isso… é necessário testar e pensar um pouco sobre a prática a implementar e claro ter em atenção o caso a caso.

scroll infinito: vantagens

  1. “Agarrar” o utilizador.
    Apelar à sua curiosidade a cada porção de scroll que realize. Este é o método mais usado em redes sociais, e plataformas de conteúdo mais massivo de consumo. Faz com que o utilizador fique mais tempo na sua página, aumenta o tempo de sessão.
  2. Deslizar é mais fácil do que clicar.
    Nada mais fácil do que fazer scroll num telemóvel, tablet ou até mesmo num rato de computador. O ato tornou-se num dos gestos mais comuns e intuitivos do mundo do User Experience. Clicar exige seleção mental do botão que pretendemos, seguida de uma deslocação do rato até à coordenada específica e finalmente temos o clique.
  3. Scroll é mais mobile que o clique.
    Scroll para procurar um contacto na nossa lista, scroll para ler uma SMS passada… o utilizador interiorizou o gesto e tornou-o nativo de uma plataforma mobile. É mais simples de usar, resulta melhor e permite uma verdadeira experiência responsive.

 

scroll infinito: desvantagens

  1. Velocidade de carregamento e desempenho 
    O loading da página é muito importante para a boa experiência de utilização. Um conteúdo extenso com scroll infinito resulta muitas das vezes em loading lentos e demorados. O utilizador desiste, sai da página e apaga uma aplicação se for necessário. A gama do telemóvel, por exemplo, é também um ponto importante a ter em conta. Telemóveis com recursos de memória limitados e baixos são também os mais penalizados por esta prática de scroll.
  2. Barra de Scroll lateral 
    Quando entramos numa página de scroll infinito temos uma barra de scroll lateral com um progresso errado. Supostamente o conteúdo é infinito e por isso ela está constantemente a “recarregar” o ponto do seu progresso assim que chegamos ao fim de mais uma “porção” de informação.
  3. Footer
    Uma página com scroll infinito é muitas das vezes uma página sem footer, isto origina a que se perca uma zona perfeita para colocar informação adicional aos menus superiores, assim como um fecho estético de uma página bem desenhada.
    A solução muitas vezes passa por ter um footer fixo ao fundo da página, contudo pode muitas vezes criar uma animação estranha e não fluída.

 

paginação: vantagens

  1. Resultados específicos
    Este sistema é útil e vantajoso para quando um utilizador procura algo específico e não deseja perder tempo com um fluxo constante e denso de informação irrelevante.
  2. Sentimento de fim e de controlo
    Por maior que seja o número de elementos listados e paginados, há um sentimento de fim e concreto do que queremos ver. Mesmo que não tenhamos tempo para ver todas as páginas, sabemos que seriam “X” conteúdos visíveis.

 

paginação: desvantagens

  1. Mais ações do utilizador
    Necessidade de 1) procurar o link, 2) mouse over sobre o botão de acção, 3) clique e por fim 4) esperar que a página faça o seu loading.

paginacao_scroll_infinito
Duas notas importantes para a decisão

Normalmente há uma grande tendência para o uso do scroll infinito para aplicações e redes sociais com grande geração de conteúdos por parte do utilizador (Twitter, Facebook, Pinterest, Instagram).

A paginação é uma escolha segura no sentido de ser uma ótima e tradicional solução em que mantêm o utilizador ativo nas suas ações e orientados para o seu objetivo de prosseguir para a seguinte página. O Google por exemplo, segue este esquema de paginação a fim de oferecer um sentimento de controlo nos “infinitos” resultados possíveis às nossas procuras, mantendo o utilizador com objetivos definidos e limites traçados para a sua pesquisa por páginas.

JL


João Lima

→ UX Design Guru at Critical TechWorks - BMW Group
→ uiux.pt Founder
→ UX Teacher

Add comment